Não entendeu nada? Calma, a seguir você vai entender que é só mais uma rede social (YASN – yet another social network).

Lendo o jornal de domingo deparo-me com a ilustre reportagem:

Usuários aderem a outros apps e sites para fugir do Facebook

Levando em conta que o Facebook é a rede social mais exclusiva do mundo hoje, muita gente vem aderindo a outras aplicativos e redes sociais mais segmentadas para interagir de forma diversificada na internet

Interessante esse movimento migratório. Antigamente, a rede social Orkut era utilizada frequentemente por milhões de brasileiros, porém depois de adicionar recursos fúteis a rede perdeu muitos clientes, sendo desativada em 2014.

O Facebook caminha para o mesmo caminho, aparentemente. Após o anúncio que as regras de privacidade mudariam e outros recursos improdutivos,  muitos usuários estão abandonando a rede – parabéns pela decisão. Por outro lado, a busca eterno pelo santo graal das redes sociais continua. Do que adianta apagar a conta no Facebook e abrir dezenas em outras redes?

O problema não é utilizar redes sociais, na verdade o problema é a quantidade de informações pessoais que são compartilhadas publicamente e como tais informações são utilizadas por terceiros.

Em 2011/2012, uma conta no Twitter retuitava as mensagens daqueles usuários que publicavam informações do seu cartão de crédito. Sim! Tem gente que publica imagens do cartão de crédito pessoal. No Linkedin, existem usuários compartilhando o número do telefone pessoal de maneira pública para ingressar em algum tipo de grupo no WhatsApp. Deixei meu alerta sobre esse risco. Infelizmente as redes sociais são utilizadas sem precauções.

wzup-original

Além de publicar informações confidenciais existem outros problemas que não podem ser controlados de maneira definitiva. Estou referindo-me às invasões e vazamento de dados.  Várias empresas passaram por esses problemas ano passado como Yahoo,  Dropbox, iCloud e Sony.  Se empresas grandes possuem falhas de segurança, imagine uma empresa pequena que possui recursos limitados? Nem consigo mensurar a quantidade de usuários que usam as mesmas credenciais (usuário/senha) em todo o tipo de aplicação. Basta descobrir um para invadir tudo, por isso  não dá para ficar pulando de rede social  em rede social.

Sigo forte utilizando meus emails, apesar dos meus amigos terem adotado o WhatsApp para falar sobre fofocas (eu sei que vocês leem aqui :D).

Só para lembrar

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.