Skip to content

Declaração de Vetores em Perl

Continuando os posts do nosso curso de Perl, vamos aprender o processo de declaração de vetores.

O que são Vetores em Perl?
Em Perl o conceito de Vetores envolve uma lista de valores do tipo scalar. Cada elemento ou valor nessa lista é ordenado conforme um índice. Os valores na lista são apresentados em um “( )”, por exemplo: (1,2,3,4,5).

Como Vetores em Perl são declarados?
Diferente do símbolo utilizado pelas variáveis do tipo scalar “$”,  vetores em Perl empregam o “@” para definir este tipo de variável.

my @NOME = (“Linus”, “Stallman”, “Debian”, “Apt-Get”);

O índice inicial do vetor é definido como “0”. Portanto, para imprimir o nome do desenvolvedor do kernel do Linux:

print $NOME[0];

Exemplo 1

#!/usr/bin/perl
my @NOME = (“Linus”, “Stallman”, “Debian”, “Apt-Get”);
print $NOME[0] . “, criou o Kernel do Linux\n”;
print $NOME[1] . ” ajuda ate hoje o projeto GNU\n”;
print “Para atualizar o $NOME[2] voce deve usar o $NOME[3]\n”;

Existem também outras formas de declaração de vetores. Por exemplo:

my @SENHAS = (‘123456’, ‘root’, ‘admin’, ‘demo’, ‘guest’);

my @SENHAS = qw(abc 123456 twitter orkut facebook);

Como imprimir o último elemento do vetor?
print “Ultimo elemento $NOME[-1] \n”;

Manipulando o valor de um Vetor

$NOME[0] = “Mundo Submundo”;

Essa mudança atribui “Mundo Submundo” a posição $NOME[0].

Descobrindo o tamanho de um Vetor

my $TAM = @NOME;
print “Tamanho do vetor $TAM\n”;

Uma forma alternativa para encontrar o tamanho de uma variável é utilizando a função “scalar“. Por exemplo:

my $SIZE = scalar(@NOME);
print “Encontrei o tamanho… $SIZE \n”;

Você pode adicionar um novo elemento ao vetor. Por exemplo:

$NOME[4] = “Mais um elemento”;

Finalizando, vamos ver os exemplos apresentados aqui em um script só.

#!/usr/bin/perl

my @NOME = (“Linus”, “Stallman”, “Debian”, “Apt-Get”);

print $NOME[0] . “, criou o Kernel do Linux\n”;
print $NOME[1] . ” ajuda ate hoje o projeto GNU\n”;
print “Para atualizar o $NOME[2] voce deve usar o $NOME[3]\n”;
print “Ultimo elemento $NOME[-1] \n”;

$NOME[0] = “Mundo Submundo”;
print $NOME[0] . “, criou o Kernel do Linux\n”;

my $TAM = @NOME;
print “Tamanho do vetor $TAM\n”;

$NOME[4] = “Mais um elemento”;
my $SIZE = scalar(@NOME);
print “Encontrei o tamanho… $SIZE \n”;

Boa Sorte!

Comments are closed.